Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /var/www/html/vanessatcm.blog-dominiotemporario.com.br/web/wp-content/plugins/social-share-buttons-by-supsystic/vendor/Rsc/Menu/Page.php on line 228
Missionar... Será que conhecemos o nosso próximo? - Vem que a gente explica!

Missionar… Será que conhecemos o nosso próximo?

Este ano nosso carnaval foi muito diferente. Nós fomos missionar em família. Fico pensando como a vida é engraçada e como mudamos de opinião (não por falta de convicção, mas por enxergar o outro lado da moeda e entender a necessidade de mudar). Falo isto porque há exatos um ano atrás uma grande amiga/irmã estava indo missionar durante o carnaval e pensei: como assim, no carnaval????? E hoje sigo o mesmo caminho que ela fez.

O que é Missão? O que é missionar? Segundo o Wikipédia: “Missão é a pregação religiosa em locais onde a sua religião ainda não foi difundida, realiza trabalho de promoção social ou em local que necessite de reavivamento de sua crença ou religião.” Estamos na era da Igreja em saída. Ultrapassando muros e colocando os pés na rua ao encontro do povo! Uma nova era, um novo tempo! Um tempo de resgate e conversão.

Com certeza você que está ai do outro lado deve estar perguntando, porque da decisão de missionar? Pois bem,  confesso que estávamos um pouco afastados da “igreja física” e tínhamos muito vontade que nossa filha conhece outras realidades. Tomamos a decisão e nos inscrevemos. Quem me conhece sabe que os dias anteriores foram de muita ansiedade pelo desconhecido e por não saber se seria capaz de ser missionária,  que as palavras certas saíssem  e principalmente exercer fortemente o saber ouvir (falo pelos cotovelos, então esta foi uma árdua tarefa…). Enfim, chegou o dia!

Entre ladeiras íngremes, estradas de chão, asfalto, casas muito humildes encontramos o principal, pessoas, famílias,  dispostas a abrir suas portas e coração. Dividir suas dores e também suas alegrias. Vidas muito sofridas e em construção. Umas marcadas pelo tempo e acontecimentos.  E outras, estórias, que nos fizeram viajar por seus filhos, netos e bisnetos.

Em meio a tantas, duas mulheres muito fortes, que alias, não fazem a menor ideia da força que tem e que carregam no peito, me marcaram para sempre. Uma mistura de tristeza e força extrema que as fizeram caminhar pelos anos e caminhos muito sinuosos. Mesmo assim, mantiveram-se firmes, assim como a unidade de suas famílias. Mães ímpares em seus lares. Como arma e escudo principais, a FÉ!

Senti-me vexada, pequena diante de reclamações que às vezes faço de minha vida. Uma minúscula formiguinha diante daquelas duas gigantes. Olhares entorpecidos, mas firmes, força na voz. Sem demonstrar revolta  ou ingratidão e olha que posso garantir que motivos não faltavam para isto. Levo comigo a imensa vontade de ser como elas na sua força e espírito guerreiro e estar próxima de minhas filhas sempre que precisarem. Um alicerce.

O tema deste ano, “Família em saída vivência o amor”. Todos os dias, entoávamos, de manhã, a Oração do Amor. Em particular um trecho me soou muito especial:

“Ilumina nossa consciência em tudo o que fizemos,

para que aprendamos a escutar, compreender

e perdoar os outros com o coração.”

Posso dizer que estes quatro dias foram inesquecíveis. Encontramos muito mais do que buscávamos. Muita coisa ainda a contar que com certeza farão parte de outros textos.

Resumo do nosso carnaval: Fomos missionar, mas saímos de lá totalmente missionados.

Santuário de Schoenstatt – endereço descrito por minha querida amiga Ju no post abaixo:

http://www.vemqueagenteexplica.com.br/blog/2016/09/15/nunca-e-demais-visita/

img06b[1]

Por Pathy Bertão, que participou das Missões Familiares com o Grupo Missionário Magnificat – Santuário Tabor Magnificat – Movimento Apostólico de Schoenstatt de Curitiba

Vem...leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *