Quem mexeu no meu café?

café 1Não, não vou escrever um texto plagiando ou fazendo alusão ao livro “Quem Mexeu no meu Queijo” do Dr. Spencer Johnson (em resumo, uma parábola de dois ratinhos com a temática mudança)  e também não é um texto motivacional do estilo “uhuuuuuuuuuuuuuuuu, vamos lá.

Trata-se de um texto reflexivo e muito particular para cada um. Vim falar de Café… ou melhor sobre a tradução dele sobre você…

Personagem que já participou de crises (A Crise Econômica de 1929 – Quebra da Bolsa de Valores de Nova York, por exemplo, que atingiu em cheio as nossas exportações de café), de ascensão política e econômica de muitas pessoas e também a bancarrota de outras. Ouviu muitas conversas, acordos, alianças…

Exerce um fascínio e hoje sou capaz de listar ao menos 100 frases diferentes que falam sobre ele com paixão, magia. A ideia aqui é viajar pelo seu sabor, sua consistência e seu aroma ou seria o que ele faz com você???

Não sou barista (profissional especializado em cafés de alta qualidade), mas adoro café. É meu despertador diário. Acorda minha mente! Sem ele meu organismo fica estático,

O café é muito customizado, particular e “imexível” , de uma exclusividade própria. Forte, fraco, suave, encorpado, doce, amargo, granulado, em pó, puro ou com leite, com espuma…

Caro, barato… Dança do pingando ao Macchiato, passando pelo Cappuccino, Espresso… Com conhaque… Curto ou longo???

Estimulante, apaixonante, sedutor… Tomado sozinho ou em meio a risadas e bate papos. Em dias de qualquer estação… Com livro, notebook… Ao ar livre ou um bar aconchegante… Você escolhe, decide, define… Ele é só seu…

Seus grãos, muito particularmente escolhidos trazem diferença no sabor da bebida. Existem dois tipos de grãos que podem ser usados na produção do café: Arábica (Coffea arabica) e Robusta (Coffea canephora). Ambos apresentam inúmeras variações, todos com aroma e sabor especiais (http://baristo.com.br/blog/conheca-os-tipos-de-graos-de-cafe-2).

Fervendo? Quente, gelado? O que prefere? Só fuja dos que são mornos… Estes são sem graça e não te fazem “sequer cocegás”…

Com creme ou simplesmente ELE?

Eu, particularmente, não gosto que mexam no “MEU CAFÉ”. Ficoimages (2) incomodada, ansiosa, aflita, me sinto invadida… Realmente mexe muito comigo… Mas, por outro lado, posso deixar que mexam, SE EU QUISER! Eu tenho o livre arbítrio para…

E VOCÊ, GOSTA QUE MEXAM EM SEU CAFÉ?

Por Pathy Bertão.

Vem...leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *