Uma manhã no museu!

Você já teve daqueles dias que disse: hoje vou fazer tudo diferente, com o propósito de experimentar, de quebrar a rotina. A rotina de todos dias da semana. Tão milimetricamente planejados, calculado minuto a minuto!

A rotina  é para nós como um porto seguro, onde sabemos exatamente tudo o que vai acontecer, isso nos dá segurança. Muita segurança! Então que tal, vez ou outra bagunçar todas essas certezas e segurança!

Foi ótimo balançar as estruturas! Me senti como se estivesse me aventurando na minha própria cidade, com um olhar diferente sobre as mesmas coisas, um olhar com vontade de apreender, de experimentar, de se aventurar.

Foi em uma manhã tipicamente curitibana e chuvosa que juntei meus filhos e fomos nos divertir do MOM, Museu Oscar Niemeyer.

Vimos exposições sensacionais e uma feira de ciências interativa, as crianças e eu adoramos.

Foto aisten

Tranquilo, poucas pessoas, espaço para interagir, sentar e apreciar.

Nos divertimos mesmo! Sabe quando você não cria expectativa de nada e tudo torna-se  agradável e inesquecível! Por que? Porque você está aberto a tudo o que vier, sem expectativa anterior.

#ficaadica aqui, para quem quer quebrar a rotina e tornar inesquecível uma manhã qualquer de outono inesquecível!

Vale muito a pena! A gente sente-se renovada e tudo o que vê, absorve com uma intensidade incrível!

Já pensou em tirar uma manhã de férias e fazer coisas completamente diferentes?

Posso garantir, é sensacional!

O que podemos  descobrir:

. de como somos nós enquanto a terra gira;

. brincar de telefone sem fio;

. de energia eletrostática (apreendemos que com umidade ela não funciona muito bem);

. sensação de sentar em um banco de pregos sem se machucar e descobrir o porquê;

pregos

. jogar basquete girando;

. andar no túnel  subterrâneo e correr atrás dos filhos

foto tunel

.ver o “olho” na chuva;

foto 2

. conhecer as obras magníficas de Alfredo Andersen, que conheci e me encantei!

Olha a gente ai, na recriação do estúdio Alfredo Anderson.

foto 3

. ir na exposição “fresquinha”  do arquiteto Frederico Kirchgässner, que antecipou o modernismo no Brasil

. revisitar o acervo do MON

. conhecer as obras sob a guarda do MON (algumas das obras apreendidas na operação Lava Jato, deflagrada em 2014 pela Policia Federal);

. não percam a exposição de fotos: “Museu em Construção” do fotografo Nani Gois, que retratou durante seis meses a construção do museu;

Para mim, que adoro apreender sempre, foi fabuloso.

…e se ainda não for suficiente, vá conhecer um restaurante novo, que cruzou por acaso ou que faz tempo que quer ir. Garanto que teu olhar vai além de simplesmente almoçar. Pode se deparar com uma xícara de cafezinho maravilhoso!

Quem resiste a um cafezinho depois do almoço? Se for com cardamomo e nessa xícara, fica irresistível!

foto 7

A Ju Berga vai contar do restaurante para vocês muito em breve, aguardem!

Enfim, chegou a tarde, virei abóbora, meus filhos na escola e eu para o trabalho!

Manhã inesquecível e experiência incrível! Então, que tal uma manhã no museu?

Tem exposições lindas e uma feira de ciências com interação fantástica!

Vem...leia também

4 comments

  1. Como é legal ver o quanto somos felizes, o quanto podemos transmitir de forma tão simples o que temos de melhor! Amei este Blog, porque independente do assunto, senti o “Amor” de amigas que buscam o bem, a cumplicidade e o bem viver. Parabéns! O mundo precisa de pessoas como vcs!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *