E a história se repete…

“Mãe é uma coisa lindinha e peçonhenta.  Uma mistura de salvadora da pátria com a anunciadora das suas maiores desgraças. Ela é ao mesmo tempo amiga e bruxa.”

Assinado: Filho adolescente e seu irmão mais novo

Rubricado: Melhor amigo e confidente

Aquela mãe totalmente querida e imaculada nasce na fase adulta do filho.  Quando nós, criaturas um dia ingratas, criamos asas, alçamos vôos e quando menos esperamos, vemos que voamos com um livrinho de frases prontas assinados por ela, entitulado “Um dia…”.

mother-daughter

Pois é, cá estamos nós repetindo cada praga de amor, de experiência e de anunciação que ela deixou ali no nosso livrinho. Geração à geração as frases se repetem e o tal do livrinho “Um dia…” só vai atualizando suas edições e passando de mãe para filhos.

Sabe desejo de mãe?

–  Um dia você vai ter filhos!

– Um dia você vai ter sua casa!

– Um dia você vai se casar!

– Um dia…

Parece praga, mas não é.

 images (8)

Tenho certeza de que seu livrinho está ai, salvo em PDF na caixola, cheio de frases que elas já deixaram prontinhas para você aplicar e repetir sempre que necessário ao longo da vida. Porque mãe é mãe, ela sempre quer nos poupar e deixar tudo mastigadinho.

O que parece um Deja vu, nada mais é do que um “bem que ela disse” que agora repito.

Segue o capítulo do meu livro “Um dia…” que leio neste momento:

Infância (5 à 7 anos)

Senta direito!

Não pise onde estou varrendo.

Desligue a TV se não está assistindo.

Puxe a cadeira e não a mesa.

Eu disse que estava quente.

Não corre que vai cair.

É para me dar e não para jogar.

Se não estudar o azar é seu.

Tire esta mão suja da parede.

Desencosta daí.

Vai ficar surdo, abaixe o som.

Não toque em nada.

Não me venha chorando, que eu avisei que era para parar de pular.

Assim este livro se divide em fases, aplicações e exemplos. Ah, e tem inclusive o capítulo Top 10, geralmente passado por todas as gerações como fundamentos básicos da boa educação. E como todo bom livro, nada como ler uma boa frase e soltar uma bela risada vendo seu filho fazer o que tanto você fazia e irritava tanto a sua mãe. Pois a história sempre se repete e tudo o que ela quer ter é um final feliz.

Por Cintia Almeida, que assim como você, lê, escreve, aprende e ensina todos os dias.

Vem...leia também

2 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *