O que te faz rir?

Nada como uma boa e velha, mas sempre atual e autêntica risada. Pode ser risada de qualquer tipo, discreta, com soluço, espalhafatosa, alta, baixa e até aquelas em que um ronco sai sem querer!

Dizem os estudos e nosso próprio estado de satisfação após uma bela risada que elas fazem bem, atraem coisas boas e espalham alegria. Com certeza disso ninguém tem dúvidas. Mas então me conte, o que te faz rir?

Pergunta que parece tola, né? Mas não é!

Ter consciência do que nos provoca risos torna a capacidade de reconhecê-los muito mais fácil, assim nada passa batido e você ri. Quando menos percebemos, estamos por aí  rindo à toda. Felizes, blindados e atraindo cada vez mais sorrisos.

Sem Pollyanices como sempre mencionamos… Problemas não deixam de existir, choros também não, stresses muito menos, mas quando sabemos que por traz de toda “nhaca” tem um lado bom, a gente sai da onda e ri até das desgraças. Acredite, não é o fim do mundo! Rir da “desgraça” ajuda à dissovê-la e digeri-la.

O que me faz rir?

 Piadas internas

Amigos com senso de humor

Crianças por perto

Minhas próprias desgraças

Bons filmes

E admito, gente mal humorada me faz rir!!! Saio de perto, mas saio rindo.

Por fim, vale sempre lembrar esta frase de Oscar Wilde:

“A vida é muito importante para ser levada à sério.”

E se as coisas andam meio sem motivos para risos, lápis e papel na mão. Enumere momentos no passado que te fizeram rir gostoso. As lembranças já são um bom começo para fazer subir o cantinho da boca. E confie neste primeiro sorriso que com o tempo risos virão. Pratique sempre e segure o fôlego pois pode chegar a doer a barriga.

Por Cintia Almeida, que aprendeu que sua ruga não é bigode chinês é ruga de alegria.

IMG_7767

 

Vem...leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *