Ó abre alas que eu quero passar…!

Adoro carnaval, mas meu adorar não é do tipo “samba de uma nota só” e sim, como um samba enredo, ou seja, a cada ano uma estória diferente!

Carnaval, para mim, é sinônimo de dias felizes e de muita agitação! Independente se vai ter sol ou chuva é uma época que sempre se tem amigos reunidos, música e alegria. Gosto muito das marchinhas antigas e também de alguns sambas enredos (os mais antigos).

Da fase criança, passando pela adolescência até meus 19 anos, amava pular carnaval no clube. Era uma festa! Fantasias fabricadas de última hora ou   bem elaboradas e porque não, algumas que usava das apresentações de ballet e jazz da Academia Ana Flora, a qual eu fazia parte. A cidade era a minha doce Agudos que fica no interior de São Paulo. A cidade é pequena, mas fervia no carnaval. Era um agito só. Ficava cheia de gente e de antigos moradores que vinham visitar suas famílias!!!! Era fantástico. A cidade respirava carnaval. Tinha carnaval na rua, desfile e tudo.

Ainda criança, fazíamos bloquinhos eu e minhas primas Eliane, Lilian e Anna Claudia. As mães nos fantasiavam e bora para o clube. A tarde inteirinha pulando feito pipoca. Lembrei de uma passagem engraçada, teve um ano  que não gostamos da fantasia de palhaço e a foto que tiramos está hilária, pois reflete a nossa indignação. Todas com cara de anteontem e sem sorrir. Parecíamos palhaços tristes (não combina, NE)? Mas pulamos mesmo assim e nem lembramos mais que estávamos com a tal fantasia! kkkkkk

Já na adolescência a graça ficava em juntar um grupo e fabricar fantasias! Tinha sempre um “esquenta” na casa de alguém (com refri… kkk) e todos iam ao clube!!! Que festa. Encontrei apenas uma das fotos!

Alguns nomes… Cris, Raquel, Lu, Roseli Lica, Luciano (Bulldog) Polega, Vinicius… Sorry alguns escondidos…

Turma boa! Amanhecíamos pulando.  Detalhe, tudo organizado de última hora. Tive uns períodos de assistir os desfiles de escola de samba pela TV. A carioca Portela é a minha favorita até hoje. Achava o máximo aquela Águia, símbolo da escola entrando na avenida. Este ainda é um sonho a realizar, desfilar na Portela. Anotado para data a ser definida!

Já quando mudei para Curitiba, com meus 21 anos, meus carnavais passaram a ser diferentes. Geralmente praia com amigas, às vezes a turma da faculdade. A ilha de São Chico em Santa Catarina era a nossa praia predileta! Bom demais! Nessa fase, já namorava meu marido e íamos em casais. Praia o dia todo e noite carnaval no clube – Clube Náutico Cruzeiro do sul! A noite terminava com uma bela canja! Baterias recarregadas para o próximo dia! Mais praia, churrasco e muita risada! A cervejinha gelada era boa companheira.

Casei, as filhotas nasceram! E tivemos um pouco de tudo. Já fomos à praia, campo, matines no clube Três Marias em Curitiba. Já teve carnaval no condomínio e teve ano que nem lembramos muito dos “ritos carnavalescos”.

Ano passado, foi bem diferente e passamos o carnaval em Missões Familiares em Rio Branco do Sul/PR. Foram dias de muito aprendizado e especiais. Para lembrar um bucadinho, texto publicado logo depois da volta.Missionar… Será que conhecemos o nosso próximo?

 

 

 

 

 

 

Este ano foi bem “campo”! Fomos para a chácara e foi divertido. Amigos e família. Ohhhh delícia!   Comida a base de fogão de lenha, churrasquinho, caminhada com a criançada e risada foi o que menos faltou! Todos nos divertimos muito! Hoje casa e amanhã, a Deus pertence! kkk

 

Ano que vem, sabe-se Deus o que estarei fazendo! Mas, no caso do carnaval, vou de Zeca Pagodinho com o “deixa a vida me levar, vida leva eu”!!!!!

Só não quero que me falte muito confete, serpentina, uma boa dose de amizade e uma excelente diversão!

E o seu carnaval, como foi?

Por Pathy Bertão

Vem...leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *