A tranquilidade do amor maduro

Eu quero a sorte de um amor tranquilo

Na  batida no embalo da rede

Com sabor de fruta mordida

Matando a sede na saliva

É com ” Todo Amor que houver nessa vida” do Cazuza que hoje vamos falar da Tranquilidade do Amor Maduro!

A tranquilidade do amor maduro conhece muito bem o que e estar apaixonado, por isso é uma coisa muito mais profunda e ao mesmo tempo delicada. Existe  intimidade e cumplicidade nos olhares que se fazem entender sem palavras, vivem no mesmo espaço físico ou não,  mas respeitam a individualidade de cada um. Constroem diariamente um vínculo forte e seguro, implícito  mas presente chamado AMOR.

Sabem dividir com segurança e respeito. Cada um se conhece o suficiente para deixar o outro livre, livre para suas avendturas, livre para realizar seus sonhos, livre para seus amigos e amigas, livre para uma viagem sozinh@, livre para a vida! A tranquilidade do amor maduro, comemora junto todas as conquistas d@ outr@, incentiva, impulsiona, da força, deixa el@ livre! A tranquilidade do amor maduro te faz sentir seguro, se si, d@ outr@!

A tranquilidade do amor maduro conhece o tesão de cada um! Seduz e deixa-se seduzir sem vergonhas ou mimi. Essa tranquilidade não tem vergonha do escuro, mostra sua alma,  sua sensualidade e sua sexualidade,  a luz inteira ou a meia luz! Não tem vergonha daquelas zilhões de celulite imaginárias ou não, nem das rugas, nem do cabelos brancos, nem da barriga saliente, nem das pernas cansadas! Aos pouco o tesão se intensifica, a paixão incendeia, o amor acontece e os dois se enaltecem!

A tranquilidade do amor maduro cuida do outro. Respeitas as fases da vida, as  fases  hormonais de cada um, seja a menopausa ou andropausa! Entende a sua indisposição e a sua intensidade.

A tranquilidade do amor maduro, permite que quando só os dois estiverem, um para o outro, que o olhar continuem cúmplice; que as gargalhadas continuem intensa, mesmo que seja das velhas piadas ou das velhas recordações;  que o pôr do sol continue a encantar e a celebrar; que aquela viagem ou jantar só a dois seja cheio de redescobertas, que mesmo longe de filhos e amigos, a conversa seja longa e fluída, cheia de lembranças do passado, de plano para o futuro, sem esquecer do sabor do presente.

A tranquilidade do amor maduro discute o dia a dia, politica, religião, família, filhos, crenças…na construção firme do pensamento e respeito do ponto de vista de cadaum! Se tudo isso tiver um bom vinho envolvido, ahhhh seguimos noite a dentro divagando.

A tranquilidade do amor maduro respeita a individualidade, te surpreende sempre com um olhar de admiração, um abraço do nada, “uma pegada”, um presente, um apelido carinhoso e até uma mensagem no WhatsApp, cheia de emojis apaixonados e safados no meio do turbilhão do dia. Porque essa tranquilidade permite cada um olhar para dentro do outro e conhecer profundamente o que realmente  importa e o faz feliz!

Que fique bem claro, a tranquilidade de um amor maduro, não tem nada a ver com monotonia tem a ver  com sintonia, com tesão, com paixão, com admiração, com respeito, com empenho, tem a ver com cuidado, com celebração, tem a ver com sexo em quantidade e com qualidade, tem filho, tem amigos, tem família, tem conquistas, tem perdas, tem danos, tem altos, tem baixos, mas tem acima de tudo a certeza de um porto seguro para sempre ancorar quando preciso, para sempre voltar…

e assim…

Ser teu pão
Ser tua comida
Todo o amor que houver nessa vida
E algum veneno anti monotonia….”

 

 

Vem...leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *