O Brasil sobre rodas???

Domingo, 27 de maio de 2018! Quando esse post for ao ar será que o Brasil vai estar de novo sobre rodas?

Hoje vamos chover no molhado!  Sobre o assunto paralização tão discutido nos últimos dias, assim como a economia sobre rodas!

Somos um País  totalmente dependente do transporte rodoviário. Isso não é novidade para ninguém e temos essa estrutura desde a década de 1920.

De lá para cá,  quase todos os governos foram favoráveis e incentivaram o progresso encima das rodovias que cortavam o País. A herança que herdamos permanece e hoje uma mudança nesse sentido com certeza custaria uma altíssima cifra.

Não temos estrutura ferroviária ou hidrovias que comportem a quantidade de cargas que trafega por todo o Brasil. Por outro lado muitos brasileiros sobrevivem do transporte rodoviário (ponto seríssimo a ser pensado). Ok, todos concordamos que é um transporte  caro, talvez ineficiente e que combustíveis são recursos naturais escassos. Então uma bela equação a ser resolvida! E não será fácil. Assunto certo para uma próxima discussão.

Nesses dias vivemos uma verdadeira dicotomia! Eu pelo menos e acredito que uma boa parte dos brasileiros partilha da mesma posição: concordávamos com a paralização, ao mesmo tempo, que estávamos tensos com falta de abastecimento de combustível, alimentos, oxigênio e afins para hospitais, voos cancelados, coleta de lixo prejudicada, escolas fechadas… etc, etc e etc. O Brasil praticamente parou. Mas  foi necessário mesmo com a tensão e o caos  instaurados.

Mas a paralisação dos caminhoneiros não foi causa e sim consequência de uma política que só olha para seu próprio umbigo e está muito frágil! Acredito que o medo maior sobre abastecimento que devemos ter seja outro. Estamos sim desabastecidos de líderes e políticos que realmente se importam com o seu povo. Temos um presidente que está presidente sem ser presidente.

Há muito tempo algo precisava acontecer e  chocar o País inteiro. Talvez não soubéssemos de onde e como viria. Achei que pudesse ser a prisão do “tido cujo”. Mas foi apenas um ensaio, um pontapé forte que nos deu coragem para pensar em um basta. Mas aquele sentimento de crença ficou latente. Agora,  como uma gota d`água a carga tributária sobre o diesel (Pis/Cofins) fez o  pote encher e estourar. O governo foi avisado, mas não deu bola, importância ou ouvidos!

Uma frase de traseira de um caminhão que circulou nas redes sociais esses dias: “Enquanto os normais dormem os loucos abastecem o Brasil”. Quanta verdade, não é mesmo? E rapidamente recebeu um complemento: “Agora que os loucos pararam de trabalhar, quem sabe os normais acordem!”   Resultado? Acordaram  sim e muitos acordos estão em tramitação com o Governo!

Não sei o que será daqui para frente, mas vejo um país em transformação! Temos muito ainda a fazer como povo, como Nação. Mas descobrimos que temos VOZ! Chega de sambarem em “nossas cabeças”.

Por outro lado, não apenas os governantes têm que mudar. Também temos! Pense o que você pode fazer por seu País? Ele será a herança para suas futuras gerações. Podem me criticar pela postura nacionalista! Mas eu quero mesmo continuar acreditando no meu Brasil!

Talvez ele continue a crescer sobre rodas mas vou torcer para que “entre nos trilhos”!

Obrigado SENHORES CAMINHONEIROS pela iniciativa, coragem e convicção! Agora está na hora de voltar!

Por Pathy Bertão… Lembrando que essa é a minha opinião. Você com certeza tem a sua e pode ser bem diferente! Eu vou continuar “cantando o BRASIL nos seus  versos”…

Vem...leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *