“Mil Vezes Boa Noite”

Porque é sexta e porque eu adoro compartilhar dicas de filmes e o que aprendo com eles, com vocês. Minha dica para esse final de semana é o filme, que eu descaradamente copie o título para esse post : “Mil Vezes Boa Noite”. Tem NETFLIX? tá lá.

O filme é sensacional! Rebecca (Juliette Binoche) é reconhecida como uma das melhores fotógrafas de guerra em atividade e precisa enfrentar um turbilhão de emoções quando sua família lhe dá um ultimato. Eles sofrem muito com a rotina arriscada de uma famosa fotografa de guerra. Exigem mudanças, mas ela, apesar de amar a família, ama sua profissão igualmente e a encara como uma verdadeira missão de vida.

Esse filme é muito inspirador e revelador! É ficção. Ao assistirem vocês ão de concordar comigo que tem muito de nossos fatos reais nesse filme. Quem já não viveu o dilema, em alguns breves segundos pelo menos, de seguir adiante a sua carreira ou se dividir com a tarefa da maternidade e família.

No caso específico do filme, sem spoiler, a personagem Rebecca vive o dilema entre seguir adiante com sua missão de vida, a qual ela acredita ter a oportunidade de salvar milhões de vida, ou salvar a própria família.

Conflito gigantesco esse? Por isso que muitas de nós mulheres já nos questionamos sobre isso. Umas mais profundamente dentro do seu próprio ser e, outras tantas trazendo a tona essa questão para o cotidiano, assumindo lindamente sua dor ou alegria ou o próprio conflito em si.

Não vou entrar no mérito das nossas escolhas ou as de Rebecca, ou dos clichês de não olhar para traz, que quando escolhe uma porta outras tantas se fecham e assim por diante…

Meu objetivo aqui, nesta sexta, é  que possamos refletir sobre a vida por meio do filme! Se escolhemos a opção 1, se escolhemos a opção 2, ou se a nossa opção é de  conciliar as 2 opções… o mais importante disso tudo, é seguir adiante e ser feliz com a escolha feita, porque jamais saberemos como seria nossa vida se as nossas escolhas tivessem sido diferentes, como já falamos aqui, no texto da Vanessa: Como seria a vida se eu tivesse feito outras escolhas?

E já que estamos falando de escolhas, prestem atenção na escolha de algumas mulheres personagens do filme! Sem spoiler, mas garanto é de ficar sem folego de tão intenso! E seguimos com escolhas!

Por Mari, que voltando ao filme, sugere: além da pipoca, uma caixa de lenço e alguém para conversar quando o filme acabar. Vais precisar!

Bjs e ótimo final de semana e conte pra gente o que achou do filme!

Vem...leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *