Chegadas e partidas

A vida é um constate leva e traz de Coisas. Coisas estas como experiências, pessoas, trabalhos, gostos, momentos, lugares ou simplesmente coisas. É um entra e sai sem fim…

 

Começamos pelas partidas:

 

Coisas que só serviam para uma liçãozinha, pegou, deleta.

 

Coisas que a gente não queria que tivesse passado, mas passou. Paciência.

 

Coisas borrachudas, não sabem se vão ou se ficam. É, ainda não deve ser a hora de dar tchau.

 

Coisas que graças a Deus, partiram.

 

Coisas que passaram, mas que o enquanto durou foi tão bom, que hoje dói ou dá saudade.

 

Coisas que ensinaram tanto, mas enfim graduamos e a vida separou.

 

Saídas que um dia foram passagens intensas, mornas ou mesmo superficiais. E se valeu gravou se não valeu deletou ou está em processo de exclusão.

 

Ah, as chegadas… sempre novas, cheias de ansiedades, planos, coração acelerado, anotações e surpresas.

 

Coisas que chegam trazendo novos projetos e desafios. Hajam planos!

 

Coisas que fazem o estômago virar em borboletas.

 

Coisas que às vezes mal entram e não queremos que saiam nunca.

 

Coisas que inspiram. Por favor entrem e fiquem à vontade.

 

Coisas que chegam dando medo mas que aprendemos a lidar.

 

Coisas ruins que podemos mandar para a saída o antes possível antes que impregne.

 

Coisas que nos desafiam, que às vezes achamos que não vamos dar conta.

 

Coisas, coisas e coisas que chegam e saem pois como já diria o poeta: que seja eterno enquanto dure.

 

Por Cintia que neste feriado tudo o que fez foi descansar e avaliar o que está passando!

Vem...leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *