Seu relacionamento te anula ou faz você brilhar?

Ah, como é gostoso celebrar a vida e os encontros que ela nos traz. Amoooo! Mas você sabe se seu relacionamento te anula ou faz você brilhar?  

Já disse aqui em muitos textos que não acredito que nada mesmo seja por acaso. Cada pessoa que passa por nós vem com um propósito bom ou não tão bom assim! Isso também todos estão carecas de saber.

A dúvida que fica aqui é, será que sabemos identificar quando um relacionamento está nos anulando ou o quanto ele nos faz viver? 

Isso pode parecer uma bobagem, mas sabemos que não é! E muitos vem disfarçados de “Chapéuzinho Vermelho” e na realidade, são “lobos maus”.

Se puxar por sua memória,  vai se lembrar de algumas situações que amigos e/ou parentes seus viveram ou até mesmo você. E olha que não estou falando apenas e tão somente de relacionamentos amorosos. Relacionamentos de “amizade”, também tem os seus vilões e “bicho papão”! Vejam algumas afirmações que rolam soltas por aí:

  • Meu/minha namorad@ é tão fof@… Me ama tanto… Me monitora o tempo todo. Briga se não respondo logo.!”
  • Depois que comecei a namorar ela, deixei o futebol!”
  • Amiga, sabe aquela roupa que eu adoro? Acredita que tive que parar de usar? Meu gato morre de ciúmes e não deixa mais eu usar! Amei esse “cuidado” dele!”
  • Tive que parar de conversar com minha/meu melhor amig@! Meu atual namorad@ não gosta que converse com ele/ela! Faz parte do relacionamento, né?”
  • Migaaaas, não vou poder sair mais com vocês! Cancelados os nossos “encontrinhos” de 4ª. Feira!  Agora estou namorando!.”
  • Gostava tanto de sair…. Aboli. Agora temos ficado em casa. Ele/ela gosta!  Temos que gostar das mesmas coisas!” 
  • “Penso 24hs na forma como ajo, penso e falo. Vai que desagrado a ele/ela… Tenho que estar “a altura” dessa paixão…”

Percebe nas entrelinhas o que estou querendo dizer? Você realmente precisa mudar para que a outra pessoa goste de você? Por quanto tempo você vai conseguir ser o que você, não é? Se tem que mudar, será que o outrem gosta mesmo de você? Deixar amizades por relacionamentos, o quanto isso é valido? As vezes a amizade é de uma vida inteira!

Tem muita gente que confunde relacionamento com sentimento de posse! Hei, ninguém é dono de ninguém. Você tem que expressar suas vontades e desejos. Se o outr@ não aceita, é porque não é para ser. Aceita que dói menos e parte em busca de sua felicidade. 

Você pode e deve “respirar” sozinho para o bem e continuidade desse seu envolvimento/relacionamento. Não sugue ninguém e nem se deixe sugar. Não se anule e não anule ninguém!

O gostoso de estar com alguém são as trocas que podemos ter e fazer. Sorrisos, brigas, dias excepcionais e dias ruins. Assim é a vida. Ela pode ser colorida e ter seus dias em tons de cinza. E daí? Experiências, toques, vivências… Esse é o segredo. Fazer o exercício de entender e respeitar os gostos do outro.

Medo de ficar sozinh@ não pode ser o único motivo para que você queira estar num relacionamento e se deixar apagar. Então, se liga. Se a “coisa” não está legal, é a hora certa de apertar o botão “eject”.

Ninguém, absolutamente ninguém merece estar num relacionamento “largo ou justo demais”, independente do credo, da cor da pele, de sua opção sexual ou classe social.

Cuide da pessoa mais importante nessa vida, você mesmo! Só assim você terá a capacidade de amar e ser amada por alguém!

 Li esses dias um post que amei: “Apesar dos efeitos colaterais, o amor ainda é o melhor remédio”.

 ortanto, não se proteja, entre de cabeça, mas por alguém que vale a pena! E quando você olhar para o espelho se reconheça nele!

Quer uma dica preciosa? Ao pensar na pessoa que esta hoje com você, seu olhar brilha ou você esta mais preocupad@ em não errar o “script”?

 

Por PATHY BERTÃO…

 

 

 

 

 

 

               

Vem...leia também

SEXY

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *