Rejeição dói?

ohhh se dói!

aquela festa  em que todo mundo que você conhece foi convidado, menos você!

quado criança…aquelo time de vôlei, basquete, futebol… o qual você não foi escalado para jogar!

aquela quadrilha junina, que sabe Deus porque a professora não te escalou para dançar…

aquele NÃO que você sempre tem dificuldades de entender…

aquele amor platônico não correspondido!

a rejeição alheia, aquela onde você é capaz de sofrer a dor da rejeição do outro, se for filho então…

Reflita você aí, o que te fez ou te faz ter esse sentimento?

Não é porque virou adulto, que a dor passou. Qualquer evento de rejeição vai doer…por menor que seja ou até aquela dor que pode levar anos para passar!

Se você está lendo isso agora e, nunca nem sequer passou perto dessa dor ou sabe lidar com sabedoria divina a rejeição, você é, sem dúvida, um ser privilegiado!

Enfim, são tantos os fatos, atos e circunstâncias de nossa vida, social, amorosa, profissional, materna, do nosso cotidiano que nos fazem passar porpor e dor…dor da não aceitação, do não pertencimento…afinal todos nós queremos fazer parte de alguma coisa, de alguém. Somos seres emocionais e sociais.

Entendo que esse é um sofrimento interno, onde a gente interpreta o que acontece ao nosso redor por meio da rejeição… daí fácil fácil a gente se sente rejeitado em situações que  na verdade, não sao de rejeição, fazendo da nossa vida sentimental uma bola de neve.

É interno, mas nem por isso varremos ele para debaixo do tapete…ele fica ali lutando  conosco e ávido para se manifestar.

Então como lidar com esse danado desse sentimento dolorido….eis aqui algumas coisinhas que andei aprendendo….

  • Sabe a máxima, aceita que dói menos. quanto mais cedo lidar e aprender com ela, mais cedo vai saber como lidar com sentimentos parecidos;
  • Permita-se sentir a dor, não adianta fugir dela. Algumas dores vão passar rápido, outras permanecerão um pouco mais…
  • Amigos são fundamentais nessas horas, ficar lidando você com você mesmo não é muito produtivo, um olhar e um ouvido de fora ajuda bastante;
  • Nessas horas fuja das redes sociais, prefira o real ao virtual para desabafar!
  • Não leve para o lado pessoal ( É DIFÍCIL). Entender e aceitar que nem tudo tem a ver com a sua pessoa ou com você, ajuda também;
  • Não tente agradar a todos e a todas, nem Jesus Cristo conseguiu. Quanto mais verdadeiro você for com você mesmo e quanto mais se conhecer, menor será a dor;
  • Tire o foco da rejeição, ou daquilo que te faz sentir assim, faça outra coisa que te de prazer que faça você se sentir bem!
  • Aprenda a dizer não!

E para aquelas rejeições que insistem em causar dor constantemente, procure ajuda!

E você como lida com esse sentimento?

Por Mari que só de escrever o texto consegue imaginar a dor!

 

 

Vem...leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *