Tudo tem um final feliz

Sou do tipo que não acredita em acasos. Acredito que as coisas acontecem do jeitinho que tem que acontecer, como se a vida tivesse um roteiro.

Não só roteiro. Tem ator principal, coadjuvantes, figurantes, participações especiais, figurino, locação, tudo exatamente como nos filmes de Hollywood. Tem tudo planejado, com margem para adaptações e devidamente preparado para no final rolar um bom filme.

Pense em alguns fatos de sua vida:

– Um evento que tenha acontecido que tenha te impedido de chegar ao próximo compromisso.
– Ter sido apresentado a alguém que no momento parecia ser apenas mais um.
– Pessoas que saem de sua vida da mesma maneira que entraram, discreta e despretensiosamente.
– Uma necessidade especial de alguém querido que vira seus planos de cabeça para baixo.
– Uma mudança de posição na empresa.
– Uma demissão que à princípio não é compreendida.
– Uma viagem inesperada.
– Aquela reunião de amigos em que se discute um assunto que mexe lá dentro.

Nenhum acaso, tudo milimetricamente calculado para nos tornar melhores, mais evoluídos e mais felizes.

Se na primeira cena der aquele aperto relaxe e confie que o Diretor sabe exatamente onde quer chegar com seu personagem.

Beijos, Cintia

Vem...leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *