VINGANÇA DO BEM

Como assim vingança do bem? Isso existe? É possível? Bem, depende do quão disposto você está para olhar de forma diferente a ideia da expressão: “Olho por olho, dente por dente” que você conhece a tanto tempo.

Pode parecer confuso, mas eu já explico. No VQGE, adoramos demais as interações, dicas, discussões, elogios e as críticas que recebemos sempre em nossos posts.

Dias atrás, curti uma postagem de uma amiga carioca, Sheila Penha, e ela rapidamente respondeu: “Já pode pensar numa forma de discorrer sobre o assunto e nos presentear com um daqueles artigos do blog: Vem que a gente explica”. Delícia quando li isso. Aqui, escrevemos assim  de forma verdadeira, vindas do coração, ora da razão,  juntamos com nossas vivências,  batemos no liquidificador e as palavras vão surgindo.

Depois de um pedido desse, tão fofo e inspirador, bora lá discorrer sobre o assunto.  A postagem era a seguinte:

A expressão original é a “Olho por olho, dente por dente”. Tem o significado cercado de vingança, às vezes “bobinha”, mas em outras com sentindo bem mais carrancudo  que podem terminar em grandes tragédias. Mas como ela surgiu? Encontrei alguns conceitos e passando por outra expressão: “devolver na mesma moeda”.

 

“O princípio da justiça capturado pela expressão “olho por olho, dente por dente” é chamado lei de talião (ou lei de retaliação), que foi criada na Mesopotâmia. Em resumo, a lei exige que o agressor seja punido em igual medida do sofrimento que ele causou”. https://www.megacurioso.com.br/historia-e-geografia/42590-conheca-a-origem-da-expressao-olho-por-olho-dente-por-dente-.htm

“…Muitos anos mais tarde, Gandhi afirmou: “Olho por olho e o mundo acabará cego”. Com estas afirmações, Jesus e Gandhi estavam revelando a importância do perdão e da não-violência, porque a vingança corrói e cega o ser humano. ” https://www.significados.com.br/olho-por-olho-dente-por-dente/

Prefiro infinito x infinito o entendimento de Gandhi que diz então que “olho por olho e o mundo acabará cego”. Quanta verdade temos nisso. Ao longo da história,  já vimos inúmeras tragédias, famílias inteiras sendo dizimadas, amigos que se tornaram inimigos mortais e irmãos que passaram a se odiar e a quebrar o que mais valioso temos na vida, ou seja, a própria vida e o amor que nos permeia em suas diversas formas.

Seguindo essa linha, sugiro uma nova linguagem e definição para a expressão “Olho por Olho, dente por dente”. Um olhar mais positivo e empático. A “vingança do bem”. É claro que se formos racionais demais e usar ao pé da letra a descrição e definição de vingança, ela jamais poderia ser utilizada com o sobrenome “do bem”.

Mas se quisermos um mundo mais leve,  precisamos mudar a tônica. Imprimir uma nova forma de nos relacionarmos e enxergar a vida. Não existe mais espaço para guerras de nenhuma natureza (a não ser a de travesseiros, que é uma delícia).

Que tal experimentarmos e começarmos a mudança no “nosso quintal”?

…. Se alguém lhe der amor, dê em dobro;

…. Se alguém abrir um largo sorriso, retribua com um maior ainda;

… Se for abraçado, “aperte” de volta.

… Se alguém lhe oferecer ombro para chorar, palavras de conforto ou o simples “ouvir”, revide com vontade!

…. Se alguém estender a mão, ofereça a outra de volta.

…. Se alguém elogiar, devolva com força!

E assim por diante. Vamos devolver tudo de positivo que recebermos, “na mesma moeda”. Tenho certeza que haverá uma grande mudança em nossas vidas. Não perca tempo com vinganças. Seu tempo é precioso demais para perder com alguma coisa que só vai fazer mal a você e a seu alvo.

 

Por Pathy Bertão que deseja em dobro a você e a todos que a cercam tudodemelhor.com.br! Valeu Srta. Sheila Penha.

 

 

Vem...leia também

1 comment

  1. Amei…é isso mesmo temos que devolver na mesma moeda só as coisas boas que recebemos…o que não for bom , não prestar pra nada….deleta…Amei te amo bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *