Energia da Tristeza ou da Reconstrução????

Energia da Tristeza ou da Reconstrução????

   Existem pessoas e pessoas! Histórias e estórias, casos e casos. O que não podemos negar é que algumas conseguem surgir de suas cinzas e outras que se misturam a elas por um período maior.
A meu ver, nenhuma delas está errada. É só uma questão de saber a qual energia você se conecta, a da tristeza ou da reconstrução (frase de minha amiga Sonia Crisostomo).
Todos, sem exceção, passamos por momentos ruins e delicados. Isso é um fato e não haverá um fim até o término de nossa existência.
O tempo não para e não espera por nosso despertar. Somos responsáveis por ele tanto nos momentos ruins como nos bons.
Acredito que se apurarmos nosso olhar sobre a vida, temos muito, mais muito mais a agradecer e comemorar do que lágrimas a derramar.
Podemos e devemos chorar e respeitar nossos “lutos” e darmos o tempo necessário para que sejam absorvidos. Mas ficar vivendo da angustia deles não será saudável e nos fará estagnar. Já pesou nisso? Reviver o tempo inteiro o revés vai te levar para onde mesmo? Resposta bem clara, direta e objetiva: para lugar nenhum! Deixar de olhar retrovisor vai fazer toda a diferença.
Recentemente tivemos a infelicidade de um incêndio que consumiu a Catedral de Notre-Dame em Paris. Enquanto alguns choravam e lamentavam pelas chamas e destruição, outros começaram a arregaçar as mangas em prol de sua reconstrução.
Transporte isso para seu dia a dia. Não se demore no rescaldo. Jogue sua energia na fase de reconstrução. Coloque novamente tijolo por tijolo. Pedra sobre pedra!
E vida que segue… Agora em céu de brigadeiro ou mar de marinheiro até a próxima tempestade!
Por Pathy Bertão, que torce sempre por bons ventos, mas que sabe que tempestades chegam, muitas vezes ocasionam estragos, mas nunca são eternas! Sorria, e reconstrua o que precisa ser reconstruído!!!!!

Vem...leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *