Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /var/www/html/vanessatcm.blog-dominiotemporario.com.br/web/wp-content/plugins/social-share-buttons-by-supsystic/vendor/Rsc/Menu/Page.php on line 228
dezembro 2019 - Vem que a gente explica!

Seja de VERDADE!

Seja de VERDADE! Tire as máscaras… O sorriso sem nexo…. É tempo de urgências… De amores,  De sabores,  De encontros, De perdão… De conquistas,  De flertar com a  intensidade… De encontrar abraços, E reencontrar outros deixados… De sorrir e sonhar… De acreditar no possível e no impossível De deixar a chatice de lado E a monotonia da vida quadrada…. Permite-se desviar do caminho quando achar necessário… Se enlace… Se entregue à  descobertas…. Se abra à mudanças…. Use de leveza e […]

Continue Reading

Pais nunca erram?

Será mesmo que pais nunca erram? Óbvio que isso não faz o maior sentido e pode ser tratado até como “Fake News”. Antes de sermos pais, somos seres humanos. Sendo humanos não somos perfeitos. Não sendo perfeitos, somos passíveis de erros! Não temos equilibrio o tempo todo. Nós surtamos, gritamos e erramos. Temos preguiça. Comemos “besteiras”. Falamos besteiras. Palavrões nos acompanham. Não sabemos todas as fórmulas. Conjugamos “verbos” em tempos errados e as conjunções falham… Falamos para nossos filhos fazerem […]

Continue Reading

Com que roupa eu vou?

No Samba que você me convidou? Lembram-se dessa música do Noel Rosa? Quem nunca se fez essa pergunta? Ela é recorrente justamente porque vestir-se traduz muito do que você é. O dilema surge justamente quando esse dilema não está completamente resolvido  ou solucionado. E dentro desse mar de possibilidades estamos  remando para encontrar o que nós cai bem, o que realmente traduz quem somos, o que realmente causa o efeito woww, não só para os outros, mas para nós também […]

Continue Reading

Expressar sentimentos é fácil?

     Expressar sentimentos definitivamente não é uma tarefa das mais fáceis. Quantas vezes você já ficou com algo entalado na sua garganta?     São tantas convenções… Tantos senões… Tanta necessidade de inteligência emocional engarrafada para não sair fora do padrão, do que é esperado…     Ok! As vezes,  não se trata disso. Apenas uma timidez  que não permite  esboçar reação alguma. Paralisa! Não deixa fluir o que se está sentindo. Nesses casos, o risco de se passar uma mensagem errada é enorme. Pode transparecer frieza e […]

Continue Reading